quinta-feira, 21 de julho de 2011

Retalhos

Existem duas formas básicas de se expressar a beleza. A natural que muitos diriam que vem de deus e outros, mais céticos, que vem ao acaso; outra milimetricamente medida e ponderada guardando as proporções exatas entre as partes para se chegar a esse fim. Mas a beleza presente em "retalhos" é de um terceiro tipo, uma que mescla naturalidade com ponderação, criando com um traço natural mas medido lindos retratos de uma história.

O livro é um recorte das memorias do autor, onde o mesmo relata parte da infância e adolescência vividas no interior dos EUA. Em meio a neve, acompanhamos o desenvolvimento do jovem Craig, as brigas e brincadeiras com o irmão, os pais, a escola, o acampamento da igreja, a religiosidade e a primeira namorada.


Surpreendi-me como em apenas duas "sentadas" li o grande volume de 592 páginas, como essas memórias de outra pessoa me catapultaram as minhas próprias, em como o título é muito apropriado, pois sempre tendemos a lembrar das coisas em pequenas cenas, apagando aqui e ali o que julgamos pouco importante. Como o próprio autor comentou em uma entrevista: Tudo que está nas páginas do livro realmente aconteceu. A ficção está nos detalhes que eu escolhi omitir. Por exemplo, eu tenho uma irmã. Cada personagem é um pouco de ficção porque eles são filtrados por minha percepção. Eu certamente não sou um narrador onisciente.

Lembro quando vi esse livro pela primeira vez, estavamos na fila do teatro na virada cultural e um fulano, cujo qual não me recordo o nome, estava com ele nas mãos. André e eu puxamos conversa só para ver que livro era...rs Anos depois quando li o livro, penso, se fizesse algo do gênero colocaria essa memória, pois é assim que tecemos as memórias e conhecemos coisas e pessoas, por acaso em uma fila. Enfim, "Retalhos" é um interessante exercício narrativo, que prende o leitor desde a primeira página e sem dúvida um deleite aos olhos.


"Retalhos"
Craig Thompson
tradução de Érico Assis
Quadrinhos na Cia, 2009
592 págs.

Outros trabalhos do autor podem ser vistor aqui e aqui.

2 comentários:

rochaandre disse...

Tá na lista dos livros que quero ler, rs...quase que você estragou o presente, ufa!rs...beijos!

Ana disse...

rsrs... Quase mesmo, adorei o presente! Beijo!