quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Monty Python's Flying Circus!


O grupo, formado pelos humoristas (da esquerda para a direita, primeiro os a frente) Eric idle, Michael Palin, Terry Jones, Graham Chapman, Jonh Cleese e Terry Gilliam (este último que aparece pouco e assina as animações), foi pioneiro em muitos temas e formatos. Estilo único de fazer humor que é novo, mesmo quarenta anos após a estréia e depois de incansáveis cópias.

Flying Circus, o programa de TV que revelou o sexteto, ficou no ar pela emissora BBC durante cinco anos (1969 a 1974). Formado por uma compilação de sketchs e animações o programa apresenta muita versatilidade, com piadas inteligentes e provocadoras que tratam desde política até sátiras à personagens históricas.

Muitos dos sketchs do grupo são de difícil "digestão", pois exigem do expectador muitos conhecimentos nas mais diversas áreas e bom raciocínio, isso faz com que o programa prolongue-se além dos créditos finais. Muitos deles ficaram imortalizados por serem extremamente inusitádos como "A piada mais engraçada do mundo", "SPAM", "Passeio ciclístico", "O papagaio Morto" e (na minha opinião) um dos melhores "A inquisição espanhola".

O dinamismo da trupi saiu da TV e começou a encher as telonas ainda na década de 1970. São responsáveis por três longas-metragens: "Em busca do cálice sagrado" de 1975, "A vida de Brian" em 1979 e "O sentido da vida" de 1983, além de um especial produzido nos EUA em 1982 "Ao vivo no Hollywood Bowl" (mas os filmes merecem comentários a parte, em outra oportunidade).

Embora tenham começado a separar-se no fim da terceira temporada de Flying Circus (a quarta temporada não conta com a presença de Cleese), continuaram com uma amizade próxima e reuniram-se para programas ao vivo e especiais do grupo, além dos filmes. A morte prematura de Graham Chapman em 1989 colocou fim definitivo aos Pythons.

Fiquei fã desde que assisti a "Em busca do cálice sagrado". Para quem não conhece ou só ouviu falar é uma excelente pedida para as férias, lembrem-se sempre: Nobody expects the spanish inquisition!

Um comentário:

andré disse...

Não conheço muitos dos grupos humorísticos(Gordo e o Magro; 3 Patetas; os irmãos Marx, etc.), mas pelo pouco que conheço arrisco a dizer que o Monty Python foi o mais genial, provocador e inovador de todos! Também sou fã desses malucos, rs...Always Look on the Bright Side of Life!rs...beijos!